No Light, No Light

Depois de 2 anos escutando “Lungs” no repeat, Florence + The Machine me abençoou com um album novo. Ceremonials é incrível e a única faixa que eu apenas gostei foi o primeiro single que ela mostrou, “What The Water Gave Me”, e olha que eu gosto bastante. Fun fact: Ela baseou a música nesse quadro da Frida Kahlo:

Mas FOCO:

Saiu hoje o novo clipe da próxima música de trabalho deles chamada “No Light, No Light”. O clipe é lindo, uma coisa meio gótica da depressão. E não sei se é porque eu estou viciada no seriado American Horror Story, mas senti uma vibe de lá também, talvez por ser meio caótico o estilo geral do clipe.

Pra quem gosta de Sing-a-Long

You are the hole in my head
You are the space in my bed
You are the silence in between
What I thought and what I said

You are the night-time fear
You are the morning when it’s clear
When it’s over your start

You’re my head
You’re my heart

No light, no light in your bright blue eyes
I never knew daylight could be so violent
A revelation in the light of day

You can choose what stays and what fades away
And I’d do anything to make you stay

No light, no light
No light

Tell me what you want me to say
Through the crowded islands
Crying out at me
In your place there were a thousand other faces

I will disappear in plain sight
Heaven help me
I need to make it right
You are the revelation
You are to get it right
And it’s a conversation
I just can’t have tonight

You want a revelation
Some kind of revolution
You are the revelation

No light, no light in your bright blue eyes
I never knew daylight could be so violent
A revelation in the light of day

You can choose what stays and what fades away
And I’d do anything to make you stay

No light, no light
No light

Tell me what you want me to say
But would you leave me,
If I told you what I’ve done

And would you leave me
If I told you what I’ve become
‘Cause it’s so easy,
To sing it to a crowd
But it’s so hard, my love
To say it to you, all alone

No light, no light in your bright blue eyes
I never knew daylight could be so violent

A revelation in the light of day,
You can choose what stays and what fades away
And I’d do anything to make you stay

No light, no light
No light

Tell me what you want me to say
You are the revelation
You are to get it right
But, it’s a conversation
I just can’t have tonight
You are the revelation
Some kind of resolution.

You are the revelation.
You are the revelation
You are to get it right.

But, it’s a conversation,
I just can’t have tonight.
You are the revelation
Some kind of revolution
Tell me what you want me to say

Anúncios

Trailer e mais uma penca de coisa sobre Jogos Vorazes

Como eu posto uma vez a cada 2 meses, lá vai uma PENCA de coisas de Hunger Games que saiu nesse sabático que eu tirei daqui:

 

TRAILER

Como fã do livro não estava esperando muito desse filme e nem me empolguei para o lançamento do trailer, mas olha… parabéns Gary Ross. O que vemos no trailer foi tudo tirado apenas da primeira metade do filme e eu achei que foi mais do que o suficiente para empolgar qualquer um. Ou pelo menos ME empolgar, que é o que importa né, minha opinião é essencial? É sim.

 

ENSAIO SENSUAL

O elenco também fez um ensaio para a revista Vanity Fair um tempinho atrás, meio que igual ao que eles fizeram com o elenco de Crepúsculo mas ai.. preguiça de procurar outro local e figurinista pra tirar foto né?

 

 

 

30 POSTERES OFICIAIS

Mentira são tipo 8.

Woody Harrelson, te amo.

 

 

 

Channing Tatum é engraçado mas cadê o Johnny Depp?

Antes do meu booboo Johnny Depp ser descoberto pelo John Waters em Cry Baby ou pelo Tim Burton em Edward Mãos de Tesoura ele fazia uma série teen nos anos 80 chamada Anjos da Lei, onde ele interpretava um policial que se disfarçava como adolescente em uma escola americana. Claro que ele odiava isso e vazou de lá assim que deu, mas o seriado fez sucesso o suficiente para ter o que eles chamam de “reboot” em Hollywood (não é exatamente uma refilmagem pois os personagens e época são diferentes, mas a história é basicamente a mesma). O responsável por esse reboot foi Jonah Hill, que fez Superbad e eu o amo por isso, que escreveu o roteiro e chamou Channing Tatum pra ser gato e engraçado no papel que meio que era do Johnny antigamente. Johnny Depp vai fazer uma ponta muito especial que não aparece no trailer, mas com certeza vai ser um ponto alto no filme.  E olha só que legal, falei tudo isso pra falar que o trailer é super engraçado, o nome do filme é o mesmo da série 21 Jump Street (aqui deve ser Anjos da Lei né, esperemos) e eu quero muito ver esse filme. Só no meioprofinal de 2012, mas ok, eu espero.